Pedro Figueiredo no Challenge Tour em 2018

Para este ano, Pedro Figueiredo tinha estabelecido como objectivo terminar nos cinco primeiros da Ordem de Mérito do Pro Golf Tour, de maneira a conseguir a promoção ao Challenge Tour em 2018. Missão cumprida, visto que a época chegou hoje ao fim com o português no quarto lugar da tabela. 

O Castanea Resort Championship, em Adendorf (município da Alemanha localizado no distrito de Lüneburg, estado de Baixa Saxônia), encerrou a temporada num torneio restrito aos 70 primeiros da Ordem de Mérito. Nele, “Figgy” fez voltas de 68-72-70 para somar 210 pancadas, 6 abaixo do par, o que lhe deu o 16.º lugar empatado com o austríaco Rene Gruber. 

O amador alemão Max Schmitt conseguiu aqui sua terceira vitória do ano, com 201 (-15), deixando a concorrência, encabeçada pelos vice-campeões Max Kramer e Stanislav Matus, a quatro shots de distância. 

“Este torneio podia ter sido melhor, falhei algumas saídas e alguns putts curtos”, afirmou “Figgy”, passando depois a explicar: “Antes de jogar o Portugal Masters, sabia que já tinha assegurado o top-6 na Ordem de Mérito. Este ano somos seis porque o líder deste Tour conseguiu obter uma categoria melhor através do Challenge Tour e por isso é como se não contasse para o top-5. Agora tenho um mês de treino antes da Segunda Fase da Escola de Qualificação do European Tour.” 

O jogador em questão, vencedor da Ordem de Mérito do Pro Golf Tour 2017, é o alemão Nicolai Von Dellingshausen, 29,651 euros em 17 torneios. Seguiu-se-lhe Max Schmitt com €24,794 (sendo amador não facturou mas pontuou), o inglês Ben Parker com €24,410, Pedro Figueiredo com €23,160, o suíço Marco Iten com €23,153 e, finalmente, em sexto lugar, o checo Stanislav Matus com €22,058. 

Em 21 torneios disputados neste circuito em 2017, Figueiredo terminou nos 10 primeiros em 13, sendo três vezes segundo classificado e duas vezes terceiro.